Porque utilizar um sistema de geolocalização agrícola

Porque utilizar um sistema de geolocalização agrícola

Acho que todos já ouviram falar em GPS (Sistema Global de Posicionamento) que é um sistema de navegação por satélite. O GPS foi o primeiro sistema de navegação a se tornar operacional e é representado pelo sistema Navstar, criado pelo EUA entre as décadas de 1960 e 1970. No entanto, o termo correto para utilizar é o GNSS (Sistema Global de Navegação por Satélite) que representa todos os sistemas de navegação por satélite, não apenas o Navstar. Portanto, quando uma pessoa diz que adquiriu um GPS, na verdade ela comprou um receptor de sinal GNSS.

Sistemas de orientação de satélite vem transformando a agricultura, tornando-a muito mais moderna e competitiva juntamente com a mecanização agrícolas. Sistemas de geolocalização são utilizados para agricultura de precisão, monitoramento de máquinas agrícolas e logística. Segundo o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), colhedoras equipadas com dispositivos de comunicação com satélites podem elaborar mapas de produtividade automaticamente, ao se deslocarem pelo campo, permitindo realizar a análise da variabilidade espacial da produtividade da lavoura. Diversas máquinas agrícolas, por exemplo, semeadoras-adubadoras, distribuidores de fertilizantes, pulverizadores e colhedoras, já saem de fábrica com algumas dessas tecnologias embarcadas de série.

Por meio do uso do GNSS é possível localizar pontos dentro dos talhões e fazer os registros destes, criando um mapa de calor. Com esse mapa em mãos é possível analisar as variações de produtividade e tomar decisões como correção do solo. Também é possível comparar diversos talhões das propriedades e analisar suas diferenças.

Abaixo outros usos para dos sistemas de orientação por satélite:

  • Georreferenciamento para elaboração de mapas de variabilidade
  • Amostragem de solos
  • Controle automático da direção de máquinas agrícolas
  • Aplicação de corretivos, fertilizantes e defensivos
  • Adoção de técnicas de rastreabilidade em toda cadeia produtiva
  • Melhor planejamento no estabelecimento das lavouras
  • Maior controle sobre a inspeção da colheita

 

Quer saber como melhorar a sua operação agrícola e como monitorar suas máquinas? Então, leia o seguinte post: 7 pontos para uma gestão e um monitoramento de operação agrícola de sucesso

Gostou do texto?

Deixe uma resposta

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: